CLDS 3G

O Programa Contratos Locais de Desenvolvimento Social (Programa CLDS) foi criado com a finalidade de promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios especialmente afetados pelo desemprego;

É prioridade potenciar os territórios, capacitar os cidadãos e as famílias, promovendo a equidade territorial, a igualdade de oportunidades e a inclusão social nas suas mais diversas dimensões.

Assim e no que toca às medidas de promoção ao emprego, somam-se, às iniciativas já desenvolvidas em programas anteriores, a capacidade dos CLDS-3G contribuírem para potenciar economias locais e regionais e, dessa forma serem gerados novos postos de trabalho sustentáveis e duradouros. Pretende-se ainda que, com o novo programa haja uma clara e objetiva atuação no desenvolvimento de medidas que promovam a inclusão ativa das pessoas com deficiência e incapacidade.

O Programa Contrato Local de Desenvolvimento Social 3.ª Geração, cuja Entidade Coordenadora Local da Parceria do Programa CLDS – 3ª Geração de Penafiel é a Associação de Desenvolvimento de Lagares, em parceria com a Câmara Municipal de Penafiel, com o Instituto de Emprego e Formação Profissional e com o Instituto da Segurança Social , tem como linhas orientadoras de ação, três grandes eixos de intervenção para o concelho de Penafiel:

Eixo 1: Emprego, formação e qualificação

Capacitar e ajudar a desenvolver atitudes de procura ativa de emprego, em estreita parceria com o IEFP;

  • Informar sobre o conteúdo e abrangência das medidas ativas de emprego e oportunidades de inserção em instituições do território, em estreita parceria com o IEFP;
  • Apoiar o enquadramento de projetos de auto emprego e de empreendedorismo nos diferentes programas e instrumentos de apoio, promovendo o encaminhamento dos interessados para o apoio técnico, em estreita parceria com o IEFP;
  • Informar e encaminhar para oportunidades de qualificação desenvolvidas pelas autoridades públicas e privadas;
  • Sensibilizar os empresários, as instituições e as entidades empregadoras locais para uma participação na concretização de medidas ativas de emprego em processos de inserção profissional e social;
  • Contribuir para a sinalização, encaminhamento e orientação de alunos que abandonam ou concluam o sistema educativo, no sentido de desenvolver ações de favorecimento de integração profissional;
  • Desenvolver ações que estimulem as capacidades empreendedoras dos alunos do ensino secundário, numa perspetiva de reforço da iniciativa, da inovação, da criatividade, gosto pelo risco e que constituam uma primeira abordagem à atividade empresarial;
  • Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e/ou regionais de modo a potenciar o território e a empregabilidade;
Eixo 2: Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil
  • Estratégias genericamente aplicáveis ao nível da qualificação das famílias, designadamente informação sobre os direitos de cidadania, desenvolvimento de competência dos respetivos elementos e aconselhamento em situação de crise;
  • Estratégias direcionadas para as crianças e jovens, promovendo estilos de vida saudáveis e de integração social, numa perspetivas holística e de envolvimento comunitário, nomeadamente ao nível da promoção da saúde, do desporto, da cultura e da educação para uma cidadania plena;
  • Estratégias direcionadas para a mediação dos conflitos familiares particularmente no caso de famílias com crianças, em articulação com as equipas que intervêm com as famílias e/ou as suas crianças, promovendo a capacitação das famílias e a promoção dos direitos das crianças e jovens.

      Intervenção Familiar e Parental, Preventiva da Pobreza Infantil – Ano 2017

Eixo 3: Capacitação da comunidade e das instituições
  • Desenvolvimento das ações de apoio técnico à auto-organização dos habitantes e à criação/revitalização de associações, designadamente de moradores, temáticos ou juvenis, através de estímulo dos grupos alvo, de acompanhamento de técnicos facilitadores das iniciativas, e da disponibilização de espaços para a guarda de material de desgaste e de apoio.

Equipa Técnica: 2 Assistentes Sociais, 1 Economista, 1 Psicólogo e 1 Educadora Social.

O Projeto dispõe de 2 pólos de atendimento aos munícipes penafidelenses:

CLDS 3G – Penafiel Social
Av.ª de Ordins, n.º 954
4560-192 Lagares
Telf: + 351 255 755 316

NIMAP – Núcleo de Informação Mediação e Acompanhamento Profissional
Rua da Misericórdia
Edifício do Antigo CAE
4560-484 Penafiel

        Newsletter – novembro de 2018 (312 kb)