INÍCIO PT EN ES
 
NEWSLETTER
CONTACTOS
       

Câmara Municipal
Assembleia Municipal
Juntas de Freguesia
Serviços Autárquicos
Documentos Online
EVENTOS
NOTÍCIAS
Visitar Penafiel
Apresentação do Concelho
A Visitar
Artesanato Característico
Festas e Romarias
Gastronomia
Restaurantes
História do Concelho
Heráldica do Município
Hotelaria e Turismo Rural
Caracterização Económica
Galeria Multimédia
Personalidades
Casos de Sucesso
Postos de Turismo
Revista de Turismo
Como Chegar
Informações Úteis
Fale Connosco
Ligações Úteis
Dúvidas Frequentes
> Pública  > Visitar Penafiel  > A Visitar  > Parques e Jardins 
Quinta da Aveleda

Quando se passa o portão da Quinta da Aveleda, inicia-se a visita a uma das mais conhecidas quintas de Portugal, propriedade da família há várias gerações, com verdadeiro renome internacional, considerada monumento nacional desde 1910.


Os jardins da Quinta da Aveleda são um dos mais bem conservados exemplos de jardim romântico em Portugal, sendo simultaneamente um excelente modelo de manutenção das suas características originais.



Invulgar no sucesso e longevidade, a propriedade da Quinta da Aveleda foi ampliada na década de 60 do séc. XIX por Manuel Pedro Guedes encontrando-se hoje sob alçada da mesma família, formando uma propriedade extensa e contínua até à cidade.



A quinta está vedada com muros altos em toda a sua extensão contígua à estrada. Através de um imponente portão que ostenta as armas da família acede-se ao interior. Seguimos por uma alameda fechada de frondosas árvores que enquadram ao fundo uma pequena Casa Romântica. 

Passando este túnel de verdura, apreciando aqui e ali os maciços coloridos de rododendros e azáleas, espalhados entre a sombra dos seculares carvalhos e o aroma das mimosas e acácias, absorve-se a atmosfera de bruma criada pelo denso tecto vegetal enquanto chegamos à avenida que nos leva à Casa Senhorial. Casa seiscentista que foi restaurada e ampliada nos finais do séc. XIX.



A composição é imponente, e atrai-nos um espectáculo de cor proporcionado pelas inúmeras begónias, maciços de hidrângeas de várias cores e fetos dispostos à volta de um grande lago entre o bosque de raras espécies de carvalhos, pinheiros, araucárias e criptomérias.

O lago é constituído por três ilhas. Na primeira destaca-se uma janela quinhentista, monumento histórico de rara beleza, que fazia parte da casa onde nasceu o Infante D. Henrique, filho de D. João, rei de Portugal. A segunda ilha é composta por um rochedo com um grande repuxo de água que refresca as hidrângeas que o adornam. Por último, na maior ilha de todas, ligada a terra por uma ponte, podemos encontrar uma casa com telhado revestido de colmo e varandas de madeira onde se pode desfrutar uma admirável panorâmica sobre o vale e as colinas que o rodeiam.

Seguindo um pequeno caminho entre azáleas e outras espécies botânicas, encontramos uma fonte trabalhada em granito, a Fonte Grande, obra imponente sobre uma pequena escadaria também de granito, que termina num relvado ladeado de maciços de rododendros e azáleas.

Ao fundo do relvado, encontramos a Fonte das 4 Estações mesmo em frente da Casa Senhorial. É uma fonte igualmente em granito, de raras proporções, com 4 medalhões de mármore branco que representam 4 senhoras da família e, ao mesmo tempo, as estações do ano.

Chegando às traseiras da casa, percebemos que o jardim ainda tem muito para revelar. À sombra da ramada de videiras, o caminho bordejado de roseiras, leva-nos a um grande lago. Os olhos fogem rapidamente para a grande paisagem de um vale marcado pela presença das vinhas que se fundem numa cortina vegetal de choupos na margem do rio Sousa.



Certamente não poderá ficar indiferente à beleza da natureza à qual a mão do homem, através dos séculos, se juntou, para cuidar.

 
Seminário Intervir Para Prevenir - hiperligação para a página Curso de Nadador Salvador - Abertas Inscrições - hiperligação para a página Documentação online do Arquivo Municipal - hiperligação para a página Catálogo Coletivo da Biblioteca Municipal - hiperligação para a página hiperligação para a página Palcos do Românico
 
 
Imprimir IMPRIMIR
ENVIAR ENVIAR
 
 
ACESSIBILIDADE FICHA TÉCNICA Desenvolvido por innovagency