INÍCIO PT EN ES
 
NEWSLETTER
CONTACTOS
       

Câmara Municipal
Assembleia Municipal
Juntas de Freguesia
Serviços Autárquicos
Documentos Online
EVENTOS
NOTÍCIAS
Visitar Penafiel
Apresentação do Concelho
A Visitar
Artesanato Característico
Festas e Romarias
Gastronomia
Restaurantes
História do Concelho
Heráldica do Município
Hotelaria e Turismo Rural
Caracterização Económica
Galeria Multimédia
Personalidades
Casos de Sucesso
Postos de Turismo
Revista de Turismo
Como Chegar
Informações Úteis
Fale Connosco
Ligações Úteis
Dúvidas Frequentes
> Pública  > Visitar Penafiel  > Casos de Sucesso 
GJR - Pirotecnia e Explosivos AS

“De Penafiel para o mundo” podia muito bem ser o lema da GJR – Pirotecnia e Explosivos AS, uma empresa que se prepara para comemorar um século de vida e que só ainda não marcou presença no continente da Oceânia.

Criada em 1907, por membros da família Melo Rodrigues, a GJR dedica-se a duas áreas de negócio ao mesmo tempo distintas e complementares: o fabrico e comercialização de explosivos e a produção e realização de espectáculos multimédia com base na pirotecnia.

Para o actual responsável, Joaquim Melo, que representa a terceira geração da família Melo Rodrigues à frente dos destinos da empresa, a GJR, implantada no coração das pedreiras de Penafiel, está vocacionada para a comercialização de pólvora, mas admite que tem sido a pirotecnia que mais longe tem levado o nome da marca.

Nos últimos anos integrada no Grupo Luso Pirotecnia (que engloba mais três empresas portuguesas), a GJR já esteve, só para citar alguns exemplos, no Japão, onde venceu o Campeonato do Mundo de Pirotecnia, Paris, no âmbito do Festival de Arte de Pirotecnia, e em Santiago de Compostela, onde foram uma das atracções do Xacobeo.

GJR GJR

Do currículo desta empresa fazem ainda parte espectáculos como a abertura e encerramento do Euro 2004, a Porto 2001, o Acqua Matrix da Expo 98 e a inauguração de nove estádios do Campeonato da Europa de Futebol que se realizou em Portugal.

Alicerçado na criatividade do departamento de pirotecnia, que concebe, cria, produz e realiza um espectáculo que envolve também a música e que prima sempre pela diferença, a GJR não descura, porém, a segurança e é uma das 100 empresas portuguesas certificadas segundo a norma 1801.

A preocupação pela segurança na GJR é comprovada ainda pelo investimento na ordem dos dois milhões e 500 mil euros realizado ao longo dos últimos 10 anos na renovação das infra-estruturas que, desde a fundação da fábrica, continuam em Penafiel.

Com 21 funcionários e uma capacidade de armazenamento de explosivos de 50 toneladas, a GJR teve um volume de facturação em 2004 de dois milhões e 500 mil euros.

www.gjr-pirotecnia.pt


 
S. Martinho 2014 - A Tradição Mantém-se! - hiperligação para o programa Curso de Nadador Salvador - Abertas Inscrições - hiperligação para a página Documentação online do Arquivo Municipal - hiperligação para a página Catálogo Coletivo da Biblioteca Municipal - hiperligação para a página hiperligação para a página Palcos do Românico
 
 
Imprimir IMPRIMIR
ENVIAR ENVIAR
 
 
ACESSIBILIDADE FICHA TÉCNICA Desenvolvido por innovagency